Frascos Equilibrium Aura-Soma

Frascos Equilibrium Aura-Soma

Translate

Bem-vindo ao Blog de Daniele Alvim, terapeuta , escritora e articulista do Portal Somos Todos Um. Aqui você vai encontrar informações sobre o seu trabalho com Aura-Soma®, assim como ler artigos sobre autoconhecimento, espiritualidade e despertar da consciência. Esperamos que este Blog possa lhes ser útil de alguma forma e estamos abertos às opiniões de nossos tão assíduos e atenciosos leitores. Para isso você também pode deixar seus comentários no Blog ou entrar em contato através de nosso e-mail: contato@danielealvim.com.br Paz e Luz!



Aura-Soma: O Espelho da Alma Aura-Soma é o sistema terapêutico que utiliza a linguagem das cores e as energias dos cristais, minerais, plantas medicinais e óleos essenciais para retratar-nos em um nível profundo, possibilitar a expansão da consciência, revelar a forma como estamos lidando com o universo que nos rodeia e proporcionar bem-estar e equilíbrio integrais. É uma terapia holística, isto é, aborda o ser humano nos níveis emocional, mental, espiritual e físico; é não intrusiva, pois você é quem escolhe o frasco terapêutico que o auxiliará na restauração do seu equilíbrio e bem-estar e é natural porque utiliza a energia das cores, aromas, ervas, cristais e minerais em seus tratamentos. O trabalho terapêutico com Aura-Soma é essencialmente vibracional ou energético, pois considera que a nossa saúde e bem-estar dependem do equilíbrio da aura, isto é, dos corpos energéticos que circundam e corpo físico. O próprio nome Aura-Soma sugere o caráter de sua atuação: Aura: Luz em grego e Soma: Corpo em latim. Isto é, Corpo de Luz. A Aura-Soma ainda nos dá mais ferramentas para descobrirmos quem somos em essência e de que forma podemos contribuir amorosamente com nossos dons únicos para transformarmos o mundo que está à nossa volta. Este sistema completo de autoconhecimento possui ligação com outros sistema de sabedoria antiga, dentre eles: Tarot, astrologia, numerologia, cabala, I ching, medicina ayurvédica, homeopatia, etc. E esta maravilhosa descoberta se faz através da Leitura das Cores pelas quais mais nos atraímos; em última análise, estas são as cores que estão em ressonância com nossa alma (eu real) e propósito de vida. Por ter ainda esse caráter é que a Aura-Soma é descrita como uma Terapia da Alma e para a Alma. Leitura de Cores da Aura-Soma "Somos as Cores que Escolhemos e elas revelam nossas Necessidades" A Leitura de Cores de Aura-Soma se dá através de uma seleção de quatro frascos – dentro de um rol de 109 – estes com inúmeras combinações de cores que podem ser interpretadas nos níveis emocional, mental, espiritual e físico. Estes frascos fazem parte do kit dos Óleos Equilibrium, que, além de freqüências cromáticas, possuem em suas fórmulas as energias dos reinos vegetal e mineral. Esse processo de escolha dos frascos é intuitivo e leva em conta as cores pelas quais mais nos atraímos. Estas cores estão relacionadas com os centros de consciência que temos ao longo do sistema energético do corpo, mais conhecidos como chacras. Tudo o que vivenciamos nos níveis de percepção interna (sentimentos, emoções, pensamentos), tanto positiva quanto negativamente, fica impresso em nossos corpos energéticos e nos chacras, o que pode ser interpretado através da linguagem simbólica das cores. É por isso que em Aura-Soma se diz que as “Cores são o Espelho da Alma”, pois elas nos refletem de forma subjetiva revelando nossas necessidades mais profundas. Kit dos Óleos Equilibrium da Aura-Soma. O Significado dos Óleos: O primeiro frasco é o que chamamos de Frasco da Alma. Irá indicar a cor através da qual nos expressamos mais harmoniosamente (lembrando sempre que a cor sinaliza um conjunto de qualidades específicas), uma vez que esta cor em particular tem haver com todo o potencial inato que possuímos na forma de dons, talentos e virtudes que viemos compartilhar com o mundo. Através da leitura do primeiro frasco pode-se descobrir a verdadeira missão de vida, uma vez que está relacionado com a expressão da alma, ou seja, o Eu Real. O segundo frasco é denominado de Frasco do Desafio. Este indicará quais os principais obstáculos que temos de transpor a fim de que possamos realizar plenamente o potencial do primeiro frasco. Interpretando-o podemos enxergar a causa de nossos desequilíbrios, pois aí residem nossos pontos de maior vulnerabilidade, resistência e apego. As cores contidas neste frasco indicam quais as qualidades positivas que viemos e precisamos desenvolver, diferentemente das do primeiro que já trouxemos desenvolvidas, mas que precisamos expressar para criarmos equilíbrio em nossas vidas. Já o terceiro frasco indica o Momento Presente. Como estamos atualmente nos posicionando em relação aos nossos desafios e verdadeira missão de vida? Já temos consciência deste processo? Em que nível de profundidade? Finalmente o quarto frasco irá indicar quais as experiências positivas que já estamos atraindo do Futuro para nossas vidas como uma resultante do processo que estamos vivenciando no momento presente. Seria uma dádiva de nosso Eu Superior, uma mensagem de esperança, otimismo, equilíbrio e realização.

Conhecendo a Aura-Soma®

Recado do Sábio

Nossa Conexão no Twitter

Siga-nos no Twitter!

Follow danielealvim on Twitter

Breve História da Carreira

Este blog foi elaborado com muito amor, alegria e dedicação para se tornar mais um canal através do qual você pode obter informações sobre como cuidar de seu equilíbrio, bem-estar e auto-estima, por meio de artigos que tocam aquela parte do seu ser que anseia por prosperidade, realização, felicidade e serenidade constantes. Este contínuo esforço tem dado belos frutos, que são os feedbacks positivos que recebe de seus queridos clientes (e amigos) assim como de seu ofício como escritora de temas que denomina de despertar da autoconsciência, pois acredita que "auto-ajuda é apenas o resultado do esforço que fazemos para a expansão do conhecimento do ser que somos". Como articulista do formidável site Somos Todos Um (http://www.stum.com.br/) seus artigos já foram lidos por milhares de pessoas que também acessam o interativo de aura-soma por ela criado naquele site e que também é sucesso de público e crítica. Sobre seu trabalho ela pondera:"Saber que estamos ajudando alguém com nossas palavras ou um teste interativo que fora elaborado sem qualquer pretensão, mas muito coração, é nossa maior recompensa." Daniele também é colaboradora da editora Alto-Astral que publica revistas e livros com temas sobre autoconhecimento. "Faço desse meu trabalho um instrumento de despertar da minha consciência, dessa forma, espero continuar contribuindo para o despertar do planeta." "Quero prestar aqui minhas homenagens ao grande astrólogo Assuramaya e a Antonio Duncan, o 'cara' dos cristais, almas com quem eu tive a oportunidade de entrar em contato e que com sua sabedoria deixaram em mim exemplos de excelência e seriedade em suas áreas de atuação. Onde estiverem continuarão brilhando e nos iluminando aqui na Terra."

8 de janeiro de 2010

AVATAR - Você Já Tem o Seu?


Avatar é daqueles filmes que se tem que ver, no mínimo, duas vezes. Uma para entender os meandros dessa simples, porém significativa história, outra para apreciar os efeitos que nos transportam para um mundo mais do que vivo, e porque não acreditar, real e acessível? Avatar fala sobre o Despertar da Consciência humana e dos povos guerreiros que vêm das Estrelas cuja alma é totalmente coração. Sim, existem os seres que não vêm delas, mas afinal, podem passar a vir, se assim intencionarem.


Me chamou atenção a cor dos Na’vi: Azul Turquesa. Conexão com Tudo o Que Há, sábios, personalidade definida e decidida, intuitivos, conectados com seu próprio caminho, guerreiros natos, e, de novo, o coração acordado como característica mais marcante.


E, do lado de cá, os humanos. Ai, os humanos. Sem coração. Nem todos. Jake Sully começa a querer ser um dos Na’vi, ao que tudo indica, consegue; e esse é um ponto. Seria possível, não tendo ele a conexão consciente com o Divino? É possível. Coração é a chave. Sem ele, impossível. Neytiri era de uma personalidade avassaladora, uma autêntica guerreira; isso não a impedia de ser bondosa e de, até, querer ajudar Jake. Ser bom, ter coração, não significa que não se possa ter forte personalidade. É diferente do ego. Ego é narcisista, não é justo, é egoísta. Coração pode ser rude algumas vezes, mas é sempre pelo certo, pelo justo, suas ações são baseadas na honestidade, age com vistas ao futuro, com responsabilidade, pesa suas ações, e nunca intenciona fazer o mal.

O outro lado da moeda: Os humanos e seu líder, digamos assim, the “Evil” e a ilusão da morte, da doença, da aniquilação. Mas isso faz parte das forças duais que atuam nesse nosso universo, ainda. Eles tinham o poder e queriam continuar dominando o mundo. Ambição. Mas a ida ao Avatar é irresistível. Acordar é irresistível, e é o destino (oba!) da humanidade. Existem Seres que vêm lá de longe pra ajudar a gente, sabe. Fazem isso por amor. Vestem a camisa. Sofrem o diabo, mas, no final, ver todo mundo experimentando esse estado de amor puro, inocência, prazer saudável e alegria inacabável é muito bom. Coração é tudo de bom! Estar acordado é óootimo, como diz um grande amigo...

Eles fazem parte de mundos diferentes: Ela é um ser divino autêntico; Sully, apenas um humano num corpo de um na’vi, isto é, um avatar. A união dos dois possibilitou que humanos entrassem no mundo dos na’vi (será que viria um Avatar 2, por aí?). É Interessante observar que os avatares são metade humanos, metade na’vi (divinos). Esses podem ajudar os humanos a despertarem já que conhecem as vicissitudes do lado de cá e as (grandes) vantagens de estarem despertos e, verdadeiramente, vivos. Uma delas, só para dar água na boca? Morte? Ah! Isso é só um hábito do humano que dorme...

Aproveito para lhes comunicar, meus amados leitores, que vou habilitar o Blog para comentários nos artigos a partir deste sobre o Avatar. Deixem seus comentários aqui, deixem! Vou adorar as críticas também. Gostaria muito de poder trocar com vocês sobre esse maravilhoso filme e que fala de uma realidade que o Planeta Terra já está vivenciando no aqui e agora.

Bjs, Amor, Paz e Luz,
Daniele

Daniele Alvim é Escritora, Terapeuta e Professora de Aura-Soma
Visite seu Blog, Twitter e minha comunidade de Aura-Soma no Orkut.

E-mail:mailto:contato@danielealvim.com.br
Visite o Site do autor

Daniele Alvim

20 comentários:

KÁTIA BUENO disse...

Adorei o texto! E quanto ao filme, achei lindo e a mensagem maravilhosa! Já fui assistir 2 vezes, mas pretendo ainda ver mais uma. Vi ali vários arquétipos: o arquétipo da Grande Mãe naquela belíssima e sagrada árvore, o arquétipo do herói (Jake Sully), do guerreiro (Neytiri) e muitos outros. A conexão amorosa com toda a natureza e os animais foi a coisa mais emocionante de se ver! Simplesmente imperdível!!!

Silvia Purper disse...

Fantástico filme, uma verdadeira viagem; realmente, uma vez só, não é o bastante para curtir toda a beleza de Avatar. Se quiser me conhecer um pouco mais, visite meu Orkut - silviapurper@silviapurper.bio.br - Coloquei um avatar com tons de azul e lilás, que é minha cor favorita, dizendo: "Sou de Pandora"

Anônimo disse...

Depois de ouvir muitos comentários ruins sobre o filme AVATAR,inclusive que o filme foi feito para crianças....que não tem conteúdo... finalmente encontrei alguém que fala minha linguagem. Não vi o filme ainda, por impossibilidade física, mas li muito sobre ele, vi alguns videos incompletos, enfim.... parabéns, Daniele!!!! é a nossa realidade no nosso tão lindo Planeta Azul.

Carlos Bayma disse...

Gostei muito do seu blog!
Parabéns!

Phillip Souza disse...

Olá Daniele.

Parabéns pelo seu artigo (post) sobre Avatar. Ainda não tive a oportunidade de ver o filme, mas acredito que a realidade que descreveu está presente nesses novos tempos que vivenciamos.
Muitos ainda estão cegos ou dormem, mas alguns despertos já tentam fazer seu papel em acordá-los.

Mais uma vez parabéns e até mais!

Phillip Souza

Mirtes F.Pegorer disse...

niele, gostei muito de seu artigo.
Ainda não vi o filme, mas já deu vontade de ver..acho que estou nesse caminho do despertar..Aliás, acabeid e ler o livro "O Simbolo Perdido", que tambem faz pensar, e muito , nesse despertar...

Ozaíla disse...

Eu assisti ao filme e fiquei encantada principalmente pela conexão existente entre o planeta e os Navvis. Fiquei dois dias pensando que queria ser uma navvi, viver daquela maneira, não receiando o mal, apenas vivendo e respeitando a ancestralidade. Sou espirita e por isso o filme mexeu tanto comigo. É bom ver que a indústria cinematográfica ainda é capaz de produzir bons frutos.
Parabéns pelo post,
abraços.
Ozaila

izilda disse...

Concordo com voce Daniele, tanto que já fui assistir o filme duas vezes. Será que as pessoas vão conseguir ouvir um pouco mais os apelos da natureza? Será que vai diminuir esse desrespeito total com tudo que nos cerca? Temos tido provas constantes de que a natureza esta pedindo socorro e no filme podemos ver bem o descaso dos humanos com aquela que nos dá força e energia, a mãe natureza.

Zeca da Paz disse...

EU QUERO TER UM AVATAR!!!!!!!♥
SER UM NA'VI E VIVER EM PANDORA!!!! \o/\o/\o/

Bona Dea disse...

Daniele, sua visão e sensibilidade do maravilhoso filme foram realmente necessários e importantes de se ler. Como você mesmo comentou, deve ser assistido no mínimo 2 vezes e a cada sessão, descobrimos coisas novas, detalhes...sensacional. O coração e o contato com o Divino são chaves do filme, como foi muito bem observado e abordado por você. Parabéns e obrigada por compartilhar com seus leitores seus pontos de vista. Paz, luz e muitas inspirações! Andréa (BoNNaDea)

mariana disse...

adorei o artigo sobre o filme avatar, é interessante ver que a maioria das pessoas não sabem o que quer dizer "Avatar" e acredito que deveriam procurar saber e se espelhar nos reais avatares e não nesse Deus utópico do filme.

Andréa Thomé Bragança disse...

Oi Daniele, lendo sua trajetória no blog, vejo que temos algo em comum. Também já fui advogada, "na outra encarnação", mas depois segui meu caminho verdadeiro como Psicóloga e sou muito feliz assim. Trabalho também com Reiki e Florais, e atualmente estou fazendo uma especialização em Psicologia Transpessoal que é uma delícia.
Eu fiquei profundamente tocada pelo filme Avatar e saí do cinema desejando ser Navi! Eu queria ter aquela conexão com todos os outros seres de uma forma consciente e sobretudo a cena da cura, quando todos vão se conectando entre si e com a natureza, é realmente fantástica. Penso que na nossa vida também é assim, mesmo que não tenhamos olhos para ver.
Gostei muito do seu artigo.
Continue escrevendo, divulgando, dando toques de consciência às pessoas.
Parabéns.
Andréa Thomé Bragança
andreabraganca@yahoo.com.br

Simara disse...

Engraçado, eu vi esse filme de maneira diferente. Ele mostra a violência do Homem contra a Natureza, no caso, a Floresta, que tem uma vida, tem seus filhos, os Filhos da Floresta. Cheguei a chorar, mas foi assim que percebi a mensagem do filme. A Mãe Natureza é boa, como são seus filhos, mas são também fortes. E lutam para defender o que é seu. E acabam vencendo...

Sandra Baptista disse...

Olá, Daniele! Teu blog é muito legal! Li o seu texto sobre o Avatar e achei muito bom! Parabéns!
Beijos e flores
Sandra

Daniele Alvim - Terapeuta e Escritora disse...

Estarei esperando os seus comentários sobre nossos artigos. Obrigada! Daniele Alvim

LU RODRIGUES disse...

Avatar é um desses filmes que faz prender a respiração de tão lindo
em todos os sentidos.
Emocionei-me muito e me vi personagem na história, sofrendo pela destruição daquele mundo perfeito e maravilhoso e vibrando com a vitória dos nav"i sobre os seres "humanos". Amei esse filme!

Rô Arts disse...

Daniele.O filme Avatar mecheu muito comigo.Saí do cinema triste, brava, enraivecida até.Meu chacra cardíaco parecia um buraco no peito, falta de ar e vontade de ficar quieta. Durante o filme, emocionei-me muito.E pensei: este filem aconteceu para que todos nós despertássemos e percebessemos que temos que realmente fazer algo para mudar as situações da Terra.A inércia de todos nós é absurda.Parece que somos muito ingenuos,e esperamos o fim de tudo, absolutamente quietos.Todos nós temos um avatar dentro da gente.É só despertá-lo! e acredito que a internet e todas as nossas conexões são a nossa vantagem perante o poder que está aí.
Filme profundo, que fala de nossas origens primevas, de nosso potencial,de nossa beleza como almas e de todo o (ruim) sistema que nos encontramos...
Um beijo!

Flavio disse...

Eu vi uma comparação na internet entre as histórias de Avatar e Pocahontas, onde bastava vc trocar o nome dos personagens pra ver q a história é idêntica!
Qdo fui ao cinema saí já achando a história bastante cliché, juvenil até.
Fora os efeitos especiais que ficaram na promessa, apesar de o filme contar com muitas inovações técnicas. Nada como um Matrix, onde é possível uma tomada da consciência junto com efeitos especiais fascinantes ("bullet time").

Anônimo disse...

Olá,

não consegui comentar no próprio texto por isso envio o email. Gostaria de receber um convite para comentar no seu blog e destas conversas porque acredito que esta produção foi uma mensagem astral que tá muito perto de nós.

Simplesmente adorei o filme Avatar (só no cinema fui 4 vezes) e já estou vendo se consigo comprar o filme pra rever em casa. O personagem Jake só acorda realmente qdo está dormindo; qdo se conecta com o seu verdadeiro Eu, sua essência é que econtra a sua real felicidade. O mundo dos NAVIS é simples, não tem a necessidade de "ter" e sim de "ser" algo puro, natural onde todos vivem em equilíbrio e igualdade. Enfim, fiquei encantada com a história simples mas, repleta de detalhes nas intrelinhas.

um abraço
Ezelise Crocco

Tania Orlando disse...

Ola Daniele!
Não tenho o habito de entrar em blogs e afins e não os mantenho, mas foi irresistível entrar aqui e deixar uma opinião.
Voce escreveu com muito coração e propriedade sobre o filme Avatar no artigo do STUM.
Para muitos o filme não passa de uma historinha de heróis e bandidos, e na verdade é isto mesmo, mas não uma simples historinha. Ele é uma história de tomada de consciência e despertar.
Creio, nosso caminho!
Muito importante, manter o sentimento, o coração e a mente sintonisados todos os dias nesta consciencia planetária.
O físico Michio Kaku, fala de civilizações cósmicas e seus respectivos níveis de consciência em um trabalho excepcional.
somo uma civilização nível zero, ou seja, não tem nem consciência, nem domínio sobre o próprio planeta.
A questão é estar atento, cada um de nós, fazer efetivamente a nossa parte no dia a dia, para que está adorável historia se concretize.
O planeta, Gaia, precisa de nós e nós dela e do jeito que está não dá para continuar!
Tenhamos esta consciência que somos todos um, embora diferentes. E que sosmos um com o planeta também!
O passo seguinte é a consciência estelar e depois a cósmica.
Se gostamos do que vimos em Avata sobre consciência planetária, imagine a estelar ou cósmica!
Respeito, amor e gratidão!
Sou uma Física que, um dia, despertou e agora unifico ciência e espiritualidade.
Amo Gaia e amo estrelas, se voce também gosta, visite meu site
www.oquintoelemento.com

Parabéns Daniele e a todas as pessoas que se manifestaram neste blog!
Tania Orlando