Frascos Equilibrium Aura-Soma

Frascos Equilibrium Aura-Soma

Translate

Bem-vindo ao Blog de Daniele Alvim, terapeuta , escritora e articulista do Portal Somos Todos Um. Aqui você vai encontrar informações sobre o seu trabalho com Aura-Soma®, assim como ler artigos sobre autoconhecimento, espiritualidade e despertar da consciência. Esperamos que este Blog possa lhes ser útil de alguma forma e estamos abertos às opiniões de nossos tão assíduos e atenciosos leitores. Para isso você também pode deixar seus comentários no Blog ou entrar em contato através de nosso e-mail: contato@danielealvim.com.br Paz e Luz!



Aura-Soma: O Espelho da Alma Aura-Soma é o sistema terapêutico que utiliza a linguagem das cores e as energias dos cristais, minerais, plantas medicinais e óleos essenciais para retratar-nos em um nível profundo, possibilitar a expansão da consciência, revelar a forma como estamos lidando com o universo que nos rodeia e proporcionar bem-estar e equilíbrio integrais. É uma terapia holística, isto é, aborda o ser humano nos níveis emocional, mental, espiritual e físico; é não intrusiva, pois você é quem escolhe o frasco terapêutico que o auxiliará na restauração do seu equilíbrio e bem-estar e é natural porque utiliza a energia das cores, aromas, ervas, cristais e minerais em seus tratamentos. O trabalho terapêutico com Aura-Soma é essencialmente vibracional ou energético, pois considera que a nossa saúde e bem-estar dependem do equilíbrio da aura, isto é, dos corpos energéticos que circundam e corpo físico. O próprio nome Aura-Soma sugere o caráter de sua atuação: Aura: Luz em grego e Soma: Corpo em latim. Isto é, Corpo de Luz. A Aura-Soma ainda nos dá mais ferramentas para descobrirmos quem somos em essência e de que forma podemos contribuir amorosamente com nossos dons únicos para transformarmos o mundo que está à nossa volta. Este sistema completo de autoconhecimento possui ligação com outros sistema de sabedoria antiga, dentre eles: Tarot, astrologia, numerologia, cabala, I ching, medicina ayurvédica, homeopatia, etc. E esta maravilhosa descoberta se faz através da Leitura das Cores pelas quais mais nos atraímos; em última análise, estas são as cores que estão em ressonância com nossa alma (eu real) e propósito de vida. Por ter ainda esse caráter é que a Aura-Soma é descrita como uma Terapia da Alma e para a Alma. Leitura de Cores da Aura-Soma "Somos as Cores que Escolhemos e elas revelam nossas Necessidades" A Leitura de Cores de Aura-Soma se dá através de uma seleção de quatro frascos – dentro de um rol de 109 – estes com inúmeras combinações de cores que podem ser interpretadas nos níveis emocional, mental, espiritual e físico. Estes frascos fazem parte do kit dos Óleos Equilibrium, que, além de freqüências cromáticas, possuem em suas fórmulas as energias dos reinos vegetal e mineral. Esse processo de escolha dos frascos é intuitivo e leva em conta as cores pelas quais mais nos atraímos. Estas cores estão relacionadas com os centros de consciência que temos ao longo do sistema energético do corpo, mais conhecidos como chacras. Tudo o que vivenciamos nos níveis de percepção interna (sentimentos, emoções, pensamentos), tanto positiva quanto negativamente, fica impresso em nossos corpos energéticos e nos chacras, o que pode ser interpretado através da linguagem simbólica das cores. É por isso que em Aura-Soma se diz que as “Cores são o Espelho da Alma”, pois elas nos refletem de forma subjetiva revelando nossas necessidades mais profundas. Kit dos Óleos Equilibrium da Aura-Soma. O Significado dos Óleos: O primeiro frasco é o que chamamos de Frasco da Alma. Irá indicar a cor através da qual nos expressamos mais harmoniosamente (lembrando sempre que a cor sinaliza um conjunto de qualidades específicas), uma vez que esta cor em particular tem haver com todo o potencial inato que possuímos na forma de dons, talentos e virtudes que viemos compartilhar com o mundo. Através da leitura do primeiro frasco pode-se descobrir a verdadeira missão de vida, uma vez que está relacionado com a expressão da alma, ou seja, o Eu Real. O segundo frasco é denominado de Frasco do Desafio. Este indicará quais os principais obstáculos que temos de transpor a fim de que possamos realizar plenamente o potencial do primeiro frasco. Interpretando-o podemos enxergar a causa de nossos desequilíbrios, pois aí residem nossos pontos de maior vulnerabilidade, resistência e apego. As cores contidas neste frasco indicam quais as qualidades positivas que viemos e precisamos desenvolver, diferentemente das do primeiro que já trouxemos desenvolvidas, mas que precisamos expressar para criarmos equilíbrio em nossas vidas. Já o terceiro frasco indica o Momento Presente. Como estamos atualmente nos posicionando em relação aos nossos desafios e verdadeira missão de vida? Já temos consciência deste processo? Em que nível de profundidade? Finalmente o quarto frasco irá indicar quais as experiências positivas que já estamos atraindo do Futuro para nossas vidas como uma resultante do processo que estamos vivenciando no momento presente. Seria uma dádiva de nosso Eu Superior, uma mensagem de esperança, otimismo, equilíbrio e realização.

Conhecendo a Aura-Soma®

Recado do Sábio

Nossa Conexão no Twitter

Siga-nos no Twitter!

Follow danielealvim on Twitter

Breve História da Carreira

Este blog foi elaborado com muito amor, alegria e dedicação para se tornar mais um canal através do qual você pode obter informações sobre como cuidar de seu equilíbrio, bem-estar e auto-estima, por meio de artigos que tocam aquela parte do seu ser que anseia por prosperidade, realização, felicidade e serenidade constantes. Este contínuo esforço tem dado belos frutos, que são os feedbacks positivos que recebe de seus queridos clientes (e amigos) assim como de seu ofício como escritora de temas que denomina de despertar da autoconsciência, pois acredita que "auto-ajuda é apenas o resultado do esforço que fazemos para a expansão do conhecimento do ser que somos". Como articulista do formidável site Somos Todos Um (http://www.stum.com.br/) seus artigos já foram lidos por milhares de pessoas que também acessam o interativo de aura-soma por ela criado naquele site e que também é sucesso de público e crítica. Sobre seu trabalho ela pondera:"Saber que estamos ajudando alguém com nossas palavras ou um teste interativo que fora elaborado sem qualquer pretensão, mas muito coração, é nossa maior recompensa." Daniele também é colaboradora da editora Alto-Astral que publica revistas e livros com temas sobre autoconhecimento. "Faço desse meu trabalho um instrumento de despertar da minha consciência, dessa forma, espero continuar contribuindo para o despertar do planeta." "Quero prestar aqui minhas homenagens ao grande astrólogo Assuramaya e a Antonio Duncan, o 'cara' dos cristais, almas com quem eu tive a oportunidade de entrar em contato e que com sua sabedoria deixaram em mim exemplos de excelência e seriedade em suas áreas de atuação. Onde estiverem continuarão brilhando e nos iluminando aqui na Terra."

13 de setembro de 2007

PROJETO: Livro de Nomes e Aura-Soma

Está em fase final de edição o livro que a terapeuta Daniele Alvim escreveu em parceria com o escritor Nelson Oliver. Com base no livro do autor "Todos os Nomes do Mundo" que já está em sua segunda edição, será lançado um segundo livro que, além do significado profundo de cada nome, também adicionará cores, números e pedras com base no Sistema de Cores Aura-Soma.

Pode ser um ótimo presente para as novas mamães ávidas por conhecer os bons augúrios de seus filhotes.

10 de setembro de 2007

Kin Maia do Lançamento do Blog Daniele Alvim

Os kins maias encerram uma mensagem que expressa a força e energia de um dia determinado em relação ao Cosmos e com a qual podemos meditar para firmar nossas intenções futuras.

O Kin 100 é o kin do dia do Lançamento deste Blog. (10/09/2007)

" Pulso com o fim de iluminar
Realizando a vida.
Selo a matriz do fogo universal
Com o tom solar da intenção
Eu sou guiado pelo poder da inteligência"

Esta mensagem também é pra você!

Para maiores informações sobre o Calendário Maia (e para acessar o seu kin pessoal)
Acesse: http://www.calendariodapaz.com.br/

Daniele ^^

Quem Somos? De Onde Viemos? Para Onde Vamos?

Confira nosso último artigo publicado pelo site Somos Todos Um.



Em nossos corpos sutis localizam-se cinco portais energéticos que uma vez ativados nos conduzem pelo caminho da individuação, permitindo uma crescente conscientização da jornada evolutiva de nossa alma. Estes portais, segundo a filosofia do Sistema de Cores Aura-Soma, denominam-se: Estrela da Terra, Estrela da Encarnação, Estrela da Alma, Ananda Khanda e Esmeralda do Coração.As três estrelas contêm os registros passados, presentes e futuros de todos os seres que fomos, somos e ainda seremos como consciências planetárias e terrestres. Os dois últimos portais são os pontos de conexão entre as estrelas.
Através da informação que flui destes portais podemos ter acesso a todos os nossos potenciais criativos, que são a expressão mais autêntica de nossa alma. Ao entrarmos conscientemente em sintonia com as qualidades irradiantes de nossa natureza fundamental e na medida em que a expressamos, podemos obter as respostas àquelas três clássicas perguntas que fazemos quando chegamos a determinado ponto no caminho do autodesenvolvimento: “Quem sou eu? De onde vim? Para onde vou”? Como resultado deste esclarecimento interno podemos contribuir de forma mais eficaz para o desenvolvimento e conseqüente evolução pessoal e do planeta.

A Estrela da Terra: De Onde Vim?

A Estrela da Terra localiza-se 20 centímetros abaixo dos pés, no chacra da terra. É o portal que contém o registro de tudo o que vivenciamos e experimentamos por meio de uma consciência terrestre. Ele carrega a informação de nosso destino na Terra para esta vida atual. Isto representa o que viemos cumprir e aperfeiçoar no contexto do carma e dharma que geramos durante toda a nossa existência aqui neste planeta. O primeiro passo rumo ao autodesenvolvimento é através do contato com a energia vermelha. A consciência deve fixar-se na terra, neste planeta que escolhemos para viver e evoluir. Na medida em que há um aprofundamento da experiência na energia vermelha, adquirirmos sabedoria no plano da Terra.

A energia vermelha do primeiro chacra é uma energia de ancoragem e está associada, principalmente, a questões de sobrevivência e preservação da linhagem genética, por isso é a energia que nos mantêm vivos, que impulsiona a reprodução da vida e que, pelo mesmo motivo, nos faz traçar metas e alcançar objetivos. Não foi à toa que Osho, em sua grande sabedoria, criou as meditações ativas. Como entrarmos em um estado de relaxamento consciente sem antes termos consciência de que nosso corpo é um poderoso manancial energético e criativo?Ao nos aprofundarmos na experiência terrena, temos a oportunidade de ampliarmos nossa consciência pelo despertar da energia rosa, que é a energia vermelha, a qual, paulatinamente, vai se iluminando e tornando-se sutil.
Esta energia nos traz a consciência do amor mais desinteressado e uma motivação de vida mais altruísta, já que as questões de sobrevivência vão deixando de ocupar o primeiro plano. É bom lembrar que esse deslocamento de consciência começa a ocorrer na medida em que somos totalmente preenchidos em nossas necessidades básicas, pois não podemos dar aquilo que não possuímos. O amor que estendemos ao próximo nada mais é do que a extensão do amor e respeito que sentimos por nós mesmos. A vontade de ajudar o próximo, de contribuir para a evolução do planeta, deve ser uma motivação natural, fruto do amor e responsabilidade que cultivamos em nós. Não temos qualquer obrigação de fazer qualquer coisa a não ser que seja consequência de um estímulo interno.

Mas, antes disso, ame-se, cuide-se, corra atrás de seus objetivos por mais egoístas que sejam (saudáveis claro...), divirta-se muito e aproveite a vida o máximo que puder. Você perceberá que aos poucos não se contentará e não se conformará em ser feliz sem que outros também se sintam assim, aí começará a olhar para o outro com consciência. É o vermelho se iluminando e tornando-se rosa... Nesse processo de ancoração da consciência na terra começamos a sentir que pertencemos a esse planeta, onde nos movemos e temos o nosso ser. E, apesar de muitos de nós sermos almas com experiências em outros planetas e sistemas solares, neste exato momento nosso corpo físico faz parte do grande corpo de Gaia - a nossa Terra - e é aqui que escolhemos desenvolver a consciência, portanto, ainda que sintamos que nossa origem é estelar (De onde Vim?), nossa consciência deve focar-se neste lindo planeta que também se ilumina enquanto evoluímos. E ainda que possamos ter a “cabeça nas estrelas”, nossos pés devem estar ancorados (e bem ancorados) na Terra. Nesse movimento permitimos que a energia rosa gradualmente se eleve e toque a Estrela da Encarnação.

A Estrela da Encarnação: Quem sou?
Esta estrela situa-se na região entre o 2º e o 3º chacras, dois dedos acima do umbigo, dois dedos para dentro. É descrita como um resplandecente diamante situado no centro do nosso ser, na região dourada. A Estrela da Encarnação é preenchida pelas cores da aura verdadeira que são compostas pela cor da alma, a qualidade irradiante de nossa essência, e pela cor da personalidade, que é formada a partir da combinação da linhagem genética de nossos pais. A combinação de ambas as cores revela o potencial da missão que escolhemos na encarnação atual. Onde lemos missão, leia-se o conjunto de qualidades, talentos e dons que escolhemos desenvolver e compartilhar nesta vida.

Compreenda que a nossa única missão é exercermos nossos dons e talentos, aptidões que aprimoramos durante a jornada de nossa alma e que, por expressarem a nossa essência, permitem que sejamos co-criadores do Universo com as ferramentas internas de que melhor dispomos. Assim sendo, o Universo, ou Deus, como preferirem, não nos impõe nenhuma missão. Nós escolhemos a nossa “missão” e o Universo responde a ela criando as melhores condições para que possam ser executadas. Através do espelhamento de nossas criações e no reconhecimento de que originam-se a partir da motivação de nosso ser interno é que vamos nos descobrindo: Quem sou? Este portal é ativado quando finalmente escutamos as necessidades mais profundas de nossa alma e a elas damos atenção.

Quando reconhecemos e aceitamos essas necessidades sem julgamento, apenas respondendo amorosamente, estamos colocando o amor incondicional (por nós mesmos) em prática. Quando estamos dispostos a nos amarmos e aceitarmos plenamente assim como somos, passamos a não depender de reconhecimento externo para condicionar o nosso bem-estar interno. Neste processo de cultivar o amor interno e compartilhá-lo com o semelhante, começamos a ativar a Estrela da Encarnação e a acessar toda a sabedoria da alma contida nesta Estrela. A energia do amor é a energia que impulsiona a Alma.
Sem amor não há como reconhecermos nossa verdadeira essência, e sem entrarmos em contato com a essência não podemos nos sintonizar com nosso verdadeiro propósito, isto é, aquele que está em sintonia com a própria alma.

Esmeralda do Coração: Abertura amorosa

Ao mesmo tempo em que levamos o amor e a atenção à Estrela da Encarnação, à área dourada localizada no hara, começa-se a desabrochar a “rosa” do coração. Este portal, localizado no chacra cardíaco, é um ponto luminoso também chamado de Esmeralda do Coração. Este é um ponto chave de conexão entre as estrelas que estão abaixo do cardíaco e a que esta acima. Ao ativarmos a energia verde-esmeralda do chacra cardíaco, através da energia rosa do amor incondicional, sentimo-nos conectados com tudo ao redor e assim a sincronicidade começa a operar em nossas vidas.
Aquela sensação de estar no lugar certo, no momento certo, fazendo o que desejamos, começa a se tornar realidade. Começamos a perceber que não há necessidade de fazermos qualquer esforço para obtermos o que almejamos, pois estamos no caminho certo e em sintonia com a nossa própria Verdade. No desabrochar deste processo começamos a compreender melhor a nossa missão e a forma de desenvolvê-la.

Ananda Khanda: Qual a minha missão?

O chacra ananda khanda, localizado do lado direito do peito, na altura da clavícula, é denominado de chacra da individuação e sua vibração é a energia turquesa. Este aspecto da consciência se traduz como a “expressão criativa do coração” e está associado ao processo de individuação da alma, aquela etapa evolutiva da vida em que começamos a nos perguntar: “Qual a minha verdadeira missão”?
A ativação da energia turquesa torna a comunicação mais ampla, falando não só à mente, mas ao aspecto sentimental do ser expresso pela alma. O turquesa também é a comunicação da sabedoria do espírito em sintonia com a sabedoria da alma, trazendo paz à comunicação interna. Neste momento passamos a ouvir e a comunicar a voz de nossa consciência superior acessada por meio da intuição. O contato com a energia turquesa faz soar a nossa vibração particular em ressonância com a Estrela da Encarnação.

É o contato com a parte mais autêntica de nosso ser, o verdadeiro Eu, que se expressa de forma singular e criativa no mundo ao se conectar com a sua própria verdade interior. O acesso a essa profundeza do ser é feito pela conexão com a Esmeralda do Coração.

A Estrela da Alma: Para onde vou?

A Estrela da Alma localiza-se acima de nossa cabeça, na região magenta ou 8º chacra. Ao ativamos esta Estrela podemos ter acesso àquelas informações de todas as nossas existências nos mais diversos planetas, sistemas solares e galáxias, assim como acessarmos o potencial do ser plenamente realizado que viremos a ser. É o que se denomina de consciência monádica. Ao acionarmos a Estrela da Alma, a energia magenta começa a descer pelo oitavo chacra, assim começamos a expressar o amor incondicional concreta e criativamente ao mesmo tempo em que também ativamos a energia turquesa através do chacra ananda khanda.
A energia rosa sobe pelo chacra da terra e nutre a estrela da encarnação, encontrando-se com a magenta que desceu pelo oitavo chacra e passou pelo ananda khanda, no centro do Coração. A consciência magenta é a consciência do amor divino e do amor colocado nas pequenas tarefas do dia-a-dia. Também simboliza o desejo pela perfeição e harmonia. Ao ativamos esta energia, acionamos mais ainda a Estrela da Encarnação e a Estrela da Terra, de forma que as três consciências ali contidas tornam-se uma só.

Assim, as missões que desempenhamos como seres humanos, almas e mônadas, também se harmonizam e se fundem, o que significa que neste estágio nos tornamos seres plenamente realizados e passamos a funcionar como verdadeiros focos de consciência individualizada. As Três Estrelas surgem simultaneamente no momento da concepção e as Estrelas da Alma e da Terra dão suporte ao desenvolvimento da Estrela da Encarnação.

A energia amorosa estará sempre presente em todas as etapas de desenvolvimento da consciência, desde a ativação da Estrela da Terra, passando pela Estrela da Encarnação, Esmeralda do Coração, Ananda Khanda e Estrela da Alma.
No contexto de uma Leitura de Aura-Soma pode-se considerar o potencial da Estrela da Encarnação através da análise da cor que aparece na porção inferior do primeiro frasco, a Estrela da Terra na parte superior do mesmo frasco e o potencial de expressão da Estrela da Alma como resultado da mistura das cores da porção superior e inferior do primeiro frasco.

Que a vida compense e que seja feliz

Escolhi este vídeo do Oswaldo Montenegro para abrir o Blog, porque, de forma poética, celebra a Vida e a Morte igualmente.

Morte: Tema tão misterioso, que nos atrai, mas ao mesmo tempo repele pela sensação de aniquilação que dá.
Vida: Algo tão real, mas não menos intrigante que a morte. Algo que indubitavelmente nos atrai, mas que às vezes também pode repelir pela incapacidade de se lidar com ela.

O que é a Morte? O que será a Vida?